segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

WWF Alemã desenvolve programa anti-impressão

DIVULGAÇÃO

Pensando em todo o impacto ambiental causado pela derrubada de árvores usadas na fabricação de papel. A ONG WWF da Alemanha desenvolveu um programa capaz de evitar o desperdício causado pelas impressões desnecessárias.
Todos os dias florestas inteiras são derrubadas para a produção de papel que é absurdamente usado no mundo todo. Cerca de 13 milhões de hectares de florestas desaparecem a cada ano. A cada minuto, habitats importantes para as plantas e animais são cortados, ou seja, cada árvore que é cortada significa que uma outra camada de proteção ambiental é perdida.
Muitas vezes é desnecessário imprimir documentos, como arquivos de emails ou livros. Uma das maneiras de evitar a impressão é deixar o arquivo em PDF, mas ainda assim você pode imprimir este tipo de documento.
Para evitar o corte das árvores, interromper a impressão desnecessária e incentivar uma nova consciência sobre o uso de papel, a WWF alemã, em cooperação com a agência de publicidade Jung von Matt, desenvolveu uma ferramenta fácil de se usar para que todos possam contribuir para salvar nossas florestas: um formato de arquivo ‘verde’ que não pode ser impresso.
Para fazer parte desta ação e ajudar a reduzir a demanda por papel das plantações, basta entrar no site “Save As WWF” , baixar o software compatível com o novo formato de arquivo e instalar em seu computador. Depois disto, basta criar um documento e escolher a opção “Salvar como WWF”. Deste modo o arquivo ganhará a extensão .WWF, formato que não pode ser impresso.
Por enquanto só há versão do software para Mac (G4, 10.4 - Tiger ou superior). Porém, segundo a WWF, em breve os usuários de Windows (Windows XP/SP3 ou melhor) também poderão baixá-lo. A velocidade com que o programa roda pode variar dependendo do processador e da memória RAM instalada. Serão encontradas versões em alemão, inglês, espanhol e francês.

Confira o vídeo da campanha:
video

Com informações do AdNews e WWF
Compartilhe isso:

Nenhum comentário:

Postar um comentário